DSC_2179.png

Ludião

Ludião, demônio de Dalton ou diabrete de Descartes são os nomes dados a um experimento cuja variação é apresentada na figura ao lado. No interior do tubo de vidro, hermeticamente fechado e completamente preenchido com água, é introduzido, de boca para baixo, um pequeno frasco de vidro (tubo de ensaio) que está parcialmente preenchido com água e aprisiona, na sua parte superior, uma bolha de ar. A quantidade de água no frasco de vidro permite que ele, inicialmente, flutue em água. Uma pressão aplicada na pera de borracha da parte superior do tubo faz com que o pequeno frasco comesse a submergir, deslocando-se para o fundo do tubo. Ao se retirar a força de compressão, o frasco volta a posição inicial. A variação de pressão faz com que a bolha de ar no frasco varie de volume, alterando a quantidade de água no seu interior e variando, consequentemente, a sua densidade.