DSC_2179.png

Corrente Cria Campo

Nesse experimento, encontramos uma variação da experiência acidental de Oersted.

 

Na foto vemos uma agulha magnética no centro de um a bobina circular. Ao se fazer passar uma corrente contínua pela bobina, observamos o deslocamento da agulha magnética. Veja no detalhe da foto que a agulha tende a se alinhar com o campo magnético da bobina.

 

Até a descoberta de Oersted, apenas era observada a ação de imã com o outros imãs, jamais se havia observado a interação de imãs com correntes elétrica. Isso instigou os perquisadores, notamente Faraday, para o fenômeno inverso:

 

--- “Se a corrente elétrica gera campo magnético, será possível que o campo magnético gere corrente elétrica?”.

 

O resultado dessas perquisas provocou uma revolução no modo de produção, com as usinas geradoras de energia e os motores elétricos.